Como pilates auxilia na fraqueza do músculo psoas na corrida!

Durante o movimento de correr o psoas atua estabilizando a coluna em conjunto com os demais estabilizadores que compõe o Powerhouse, possibilitando assim a flexão do quadril com liberdade de movimentos, facilitando a passada durante a corrida e atuando em sincronia com os movimentos do tronco e membros inferiores.

psoas-1200x627
Mas o que um psoas fraco pode causar?

Um psoas fraco pode causar dores lombares, dores no joelho, “canelite” e tendinopatia de aquiles.

Dor lombar

A dor lombar ocorre devido à instabilidade na região, causada pela fraqueza do psoas e demais estabilizadores, podendo a partir disso gerar várias compensações, desequilíbrios musculares, sobrecarga articular, havendo alteração da biomecânica da corrida e assim maior sobrecarga para a coluna.

Dores no Joelho

O joelho pode ser sobrecarregado devido ao aumento do trabalho de outros flexores do quadril como o reto femoral que se insere na patela, gerando dores no compartimento anterior do joelho.

Canelite

Devido a diminuição na amplitude de flexão do quadril e menor distância entre o pé e o solo, juntamente com a fraqueza também dos plantiflexores, ocorre um mecanismo de compensação havendo maior tensão na musculatura dos dorsiflexores para distanciar o pé do solo e possibilitar a passada, gerando dores na região da canela e também possíveis dores no joelho pela tensão e encurtamento da cadeia anterior dos membros inferiores.

Tendinopatia de aquiles

Já que o quadril e joelho encontram-se com pouca amplitude e mobilidade durante a corrida, o tornozelo que é uma articulação de mobilidade, acaba realizando o maior trabalho para gerar impulsão, fazendo com que o gastrocnêmio realize maior força, gerando maior estresse no tendão de aquiles.

Como o Pilates pode auxiliar?

O Pilates possui em seu repertório de exercícios inúmeras possibilidades para treinamento do músculo psoas através de exercícios de estabilização, fortalecimento e alongamento. Além disso, exercícios de mobilidade de tronco e quadril, estabilização de joelho, alongamentos globais e de consciência corporal que irão melhorar a biomecânica da corrida.

A seguir algumas sugestões de exercícios:

Sugestão 1: Estabilização da coluna com ativação do Powerhouse e fortalecimento do psoas.

Sugestão 2: Fortalecimento do Powerhouse e psoas.

Sugestão 3: Alongamento do psoas.

É importante ressaltar que a escolha do repertório de exercícios deve estar de acordo com a avaliação de cada indivíduo. Depois é só praticar e boa corrida!

www.vittalisa.com 4726-8522

This entry was posted in Alongamento, biomecânica, corrida, músculo psoas, Saúde e Bem-estar. Bookmark the permalink.