Como retardar a perda de massa muscular na terceira idade!


envelhecemos sofremos um processo de diminuição da nossa massa muscular e, consequentemente, uma diminuição da função de nossos músculos. Essa é uma condição que ocorre em razão de um processo chamado “Sarcopenia”.
Sarcopenia é marcada pelo momento em que, além da perda de massa muscular, ocorre diminuição da força ou função, e esse é um processo ocasionado por uma variedade de fatores, como decréscimo do número de fibras musculares, atrofia das fibras musculares, sedentarismo, além dos fatores metabólicos, hormonais e etc.
Sabemos que perda de massa muscular é um processo comum com o avançar da idade, porém, é na faixa dos 60 anos que ela se torna clinicamente perceptível e suas consequências começam a incomodar no dia a dia, quando um simples ato de subir escadas ou ir à padaria se tornam sacrifícios, em função de piora na capacidade de locomoção e aumento na incidência de quedas, tornando idosos pessoas dependentes. Mas qual é a chave para reverter esse processo?
O que devemos fazer para retardar a perda de massa muscular na terceira idade?
No Pilates encontramos a resposta para essas perguntas, pois devemos nos orientar para três fatores: o grau de esforço a ser empregado, a frequência com que se deve praticar e qual o tipo de exercício a ser executado.
Estudos recomendam a escolha dos exercícios resistidos para prevenção da perda e massa muscular na terceira idade e que não são necessários treinos intensos e, sim, a repetição de esforços moderados, mantendo essa frequência por duas ou três vezes na semana. Aliado a esse trabalho podemos contar com os exercícios de alongamento e a riqueza de recursos proprioceptivos, que são encontrados em uma sala de Pilates. O resultado é um idoso equilibrado no que diz respeito a força e a flexibilidade muscular.

www.vittalisa.com.br 4726-8522

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.