CONHEÇA A INFLUÊNCIA DO PILATES NO ALUNO DEPRESSIVO

Durante o passar dos anos nossos estilos de vida foram nos tornando cada vez mais sedentários e, consequentemente nossos corpos e mentes sofreram muito. Nos últimos anos as pessoas estão se tornando mais conscientes da importância da boa forma física e mental para levar uma vida feliz e saudável.

Segundo Joseph H. Pilates, o problema é que as pessoas acreditam que podem ser felizes, “sem esforço regular e disciplinado, necessário para tomar nossos corpos totalmente móveis, fortes e resistentes, para manter nossa corrente sanguínea pura e para refrescar continuamente nosso fluxo mental.”

O Método Pilates restaura o equilíbrio natural do corpo e da mente. Segundo o relato de vários alunos é notória a sensação de bem estar físico e mental após um mês de pratica do método.

Ao praticar o Pilates, o aluno estará estimulando o sistema circulatório, oxigenando o sangue, auxiliando a drenagem linfática e liberando as endorfinas que são responsáveis por aquela sensação de “bem estar”.

A depressão é uma doença grave podendo levar a morte.

 

Depressão é um distúrbio afetivo, que se apresenta através de tristeza, pessimismo, baixa autoestima e outros sintomas, causando o isolamento do indivíduo.

Isso acontece por alterações químicas que ocorrem no cérebro principalmente com relação aos neurotransmissores (serotonina, noradrenalina, e em menor intensidade, a dopamina) substâncias responsáveis pelo impulso nervo entre as células.

Segundo a base de dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), o Brasil é o país com maior incidência de depressão na América Latina e o segundo com maior prevalência dentre os continentes americanos.

Benefícios do Pilates no Aluno com Depressão

Melhora da Postura; Melhora da Qualidade de Vida; Diminuição das Crises de Depressão; Melhora da Socialização; Melhora da Atenção; Melhora na Coordenação Motora; Melhora do Equilíbrio; Melhora da Lateralidade; Melhora da Força; Melhora da Concentração; Melhora da Respiração; Mudança no Estilo de vida; Aumento da Autoestima; Maior Comprometimento; Consegue Manter o Foco nos Objetivos; Comprometimento com uma Rotina Diária; Controle de Doenças Secundária (Exemplo: Hipertensão Arterial, Diabetes, Problemas Articulares, Dores Posturais entre Outras Comorbidades).

O aluno depressivo tende a se isolar, e apesar do Pilates ser uma atividade predominantemente individual, pode ser praticada em duplas ou grupos estimulando assim a interação entre indivíduos distintos. O ideal é que este aluno seja acompanhando por um especialista, pois com o trabalho em conjunto o resultado será ainda mais eficaz.

Durante uma aula de Pilates, os alunos tendem a interagir verbalmente falando sobre assuntos do seu cotidiano, além de poderem ser incentivados a realizar alguns exercícios juntos, criando uma conexão informal e descontraída com os outros alunos.

Podemos ver que o Pilates além de trazer benefícios diretos para saúde e o corpo, também promove a socialização e aumento da auto-estima auxiliando no tratamento do aluno depressivo.

By: http://blogpilates.com.br/pilates-aluno-depressivo/

 

 

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.