TUDO SOBRE PILATES NA FIBROMIALGIA QUE VOCÊ PRECISA SABER!

A fibromialgia é uma síndrome crônica que incomoda diariamente o indivíduo portador. Ela é caracterizada pela dor neuromuscular, afetando diretamente de forma funcional, pois envolve músculos, ligamentos e tendões. Isso acontece devido disfunções neurofisiológicas envolvendo, principalmente, o sistema nervoso central (SNC).

De cada 10 pacientes com fibromialgia, 9 são mulheres com idade entre 30 e 50 anos. Essa síndrome deteriora significativamente a qualidade de vida de seus portadores. Pois, além de ser um importante problema de saúde, também se torna um problema sócio-econômico.

O diagnóstico muitas vezes é difícil, pois não existem exames laboratoriais que confirmem o quadro de fibromialgia. Os critérios para diagnóstico é a anamnese e exame físico, que é realizado através da digito-pressão em 18 pontos específicos do corpo. O critério de resposta dolorosa, em pelo menos 11 desses 18 pontos, é considerado como um dos critérios de diagnóstico.

Muitos pacientes não conseguem distinguir o local da dor, se ela é muscular ou articular, pois referem que não há um lugar no corpo que não doa. Isso acontece porque os pacientes com fibromialgia apresentam uma sensibilidade à dor maior, do que pessoas sem a condição.

SABE POR QUE ISSO OCORRE?

Porque há um desequilíbrio na produção dos neurotransmissores cerebrais. A redução da serotonina e a elevação da substancia P, provoca uma hipersensibilidade a estímulos que normalmente não causariam dor. Sendo assim o paciente sente dor com maior intensidade.

CAUSAS DA FIBROMIALGIA

O motivo pelo qual algumas pessoas desenvolvem a fibromialgia e outras não, ainda são desconhecidos. Porém, seu surgimento está associado à alguns fatores:

Genética: Em pessoas da mesma família é comum encontrar outros portadores da doença;

Indivíduos portadores de lúpus; artrite reumatoide ou espondilite anquilosante estão susceptíveis a ter fibromialgia;

Fatores como sedentarismo, situações de estresse e eventos traumáticos, também são associados à Fibromialgia.

SINTOMAS DA FIBROMIALGIA

Os sintomas mais comuns na fibromialgia são as dores difusas e a hipersensibilidade ao toque nos pontos gatilhos, a frequência, o grau e a localização da podem variar de um dia para o outro. Além destes existe outros sintomas e aspectos que afetam o dia a dia do indivíduo portador de fibromialgia:

Fadiga; Distúrbio do Sono – Sono Superficial e/ou Interrompido; Apneia do Sono; Cefaleia; Ansiedade; Tontura; Mudanças de Humor; Depressão; Dificuldade para Raciocinar e Memorizar; Síndrome das Pernas Inquietas;

Cólon Irritado (Diarreia e/ou Prisões de Ventre); Rigidez Matinal; Contratura Muscular;

Formigamento e Dormência na Face, Braços, Mãos, Pernas e nos Pés; Déficit de Equilíbrio.

 

BENEFÍCIOS DO PILATES NA FIBROMIALGIA

Antigamente quem tinha dor generalizada não era levada muito a sério, hoje em dia há vários recursos que auxiliam o paciente a adquirir melhor qualidade de vida. Entre eles está o Pilates, que cada dia mais vem conquistando novos adeptos à praticar o Método, principalmente os portadores de fibromialgia.

Geralmente as pessoas que sofrem de fibromialgia tem a musculatura tensa e fadigada, o que propicia a ter algumas alterações posturais desencadeadas pelo desequilíbrio muscular.

O Pilates na fibromialgia é aplicado nesses pacientes com exercícios de baixo impacto, o que traz benefícios à saúde do praticante, como:

Fortalecimento Muscular Global; Melhora as Funções Neuromusculares; Correção Postural;

Melhora a Circulação e Oxigenação das Fibras Musculares; Diminui as Contraturas através do Relaxamento Muscular; Aumenta e mantém a Flexibilidade Muscular; Aumenta a Coordenação e Equilíbrio; Melhora a Mobilidade Articular; Melhora a Capacidade Respiratória; Garante melhor Condicionamento Físico e Mental; Alivia o Estresse e a Ansiedade.

Estes são alguns dos benefícios do Pilates na Fibromialgia, que ajudam a manter os músculos condicionados e saudáveis, diminuindo a intensidade da dor e, deste modo, facilitando na realização das atividades do dia a dia.

Por este motivo é muito importante a prática regular de Pilates na fibromialgia, pois quando realizado o organismo reage estimulando a liberação de endorfinas que atua como efeito analgésico, proporcionando a sensação de bem estar ao praticante.

By: http://blogpilates.com.br/pilates-na-fibromialgia/

 

Agende uma aula experimental!

☎ 4726-8522 /📲 95077-3794 / 🖥 www.vittalisa.com.br

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.